Antes que o mundo acabe...

Pois é, galerinha... Vai que essa porra acaba mesmo?! Já estou até estranhando, afinal em boa parte do mundo já é 21; será que tem alguma hora em especial para o main event? Ou será que a referência é o lugar onde os Maias estavam quando pararam de contar as datas? Seja lá o que for, eu queria falar de corrida pela última vez em 2012. Seja por vontade minha ou por força maior mesmo. Tenho que proferir as últimas palavras de força a pelo menos uma dúzia de pessoas que eu fiz sentir a graça que esse esporte tem e também agradecer aos que deram força ao blog. Ano que vem será mais intenso. Quero fazer 11 provas (que me deem medalha) afinal, correr na pipoca não conta para números, vou postar com uma frequência equilibrada e que a média de 35 leituras por texto só suba, afinal, como já dissera antes: correr também é inspirar e dividir. Tanto eu quanto vocês todos ganham com cada texto desse.

Foi um ano lindo. Parei de correr a duas semanas na Corrida Noturna Powerade, onde estreei com a Assessoria Esportiva Breakit, mas mesmo assim não cessei as atividades. Nos encontramos as Terças, Quintas e Sábados e além do mais do mesmo, fazemos treinos funcionais, posturais e seguimos planilhas personalizadas para nossos objetivos, sejam eles voar baixo, emagrecer ou correr longas. Tenho feito treinos gostosos para oxigenar membros inferiores, mas também tenho dado tiros para morrer e aprendendo que nosso limiar de conforto as vezes nos limita a ser atletas melhores, mas isso é papo de "rato" de corrida, não queiram, como eu, complicar o que é muito fácil.

Timeline pessoal: mais de um ano e meio de reeducação alimentar; entrada no esporte e perda de peso para o esporte.
Cara, é meio chato, mas no fundo sinto um orgulho tremendo de ver pessoas que viveram comigo pelo menos os últimos quatro anos e SEMPRE ouvir comentários sobre o quanto de peso perdi. Foi muito, eu acho, já me perguntaram se fiquei doente, se havia sido preso e se fizera bariátrica: NÃO, NÃO e NÃO! Emagrecimento a longo prazo é planejar e passar longe de riscos. Dois anos de reeducação alimentar, um ano de esporte e só esporte. Encontros desmarcados, pequenos foras em minha baixinha, trocas que ninguém imaginaria que seriam tão legais e mais gostosas e muito foco foram determinantes. Aprendi que há uma diferença enorme entre viver e existir... e longe de mim apenas contracenar com os demais bilhões de habitantes do planeta não fazendo jus a máquina que fora dada a mim para dar volume a meu espírito ou seja lá o que represente a nossa vida não física.

Ainda vejo muita gente com dieta mirabolante como as do abacaxi ou as do "perderei 3 quilos em sete dias" e ninguém para e pensa que incentivamos animais a se mover, crianças a correr e levantar caso caiam, mas que depois da idade adulta esquecemos isso tudo e só nos inflamos de calorias ao invés de expulsar as desnecessárias a nosso funcionamento de nós através de um ESPORTE. E outra: MUSCULAÇÃO não é esporte, droga! Carregar peso não é um exercício aeróbico que vai te afinar e blá, blá, blá. Pode até dar resultado, mas nada é tão bem vindo quanto um exercício aeróbico e executado de maneira correta para que você alcance seu objetivo de emagrecimento. Meu cunhado mudou a minha vida ao me dizer que "a musculação é a base para qualquer esporte" e me fez quebrar preconceitos e hoje estar completando o segundo mês de academia sem faltar mais de dois dias dos 6 separados a musculação. Vejo muita gente fazendo maluquices e não é por dar credibilidade apenas as maluquices que eu fiz, mas sinceramente é um risco à própria saúde além de ser um mico e tanto você cair de cabeça em mudanças drásticas havendo outras muito mais fáceis disponíveis e você não fazâ-las por estar tomando de goleada de sua preguiça ou falta de vontade. Como assinante da Runner's World, Men's Health e corredor de rua, já li e ouvi belas histórias que fazem essas loucuras, ao contrário do que parecem, serem bem mais difíceis que acordar minutos antes pela manhã, calçar um par de tênis e andar, trotar e finalmente correr rumo a uma vida melhor... e como é melhor... posso garantir a vocês.

Meus lindos: um Bom Natal e ótima virada. Que nossas metas para 2013 sejam levadas mais a sério e que coloquemos o "eu" a frente do "nós" e "eles" na hora de trocar as horas devotadas a nós mesmos pelas horas que cedemos as vezes involuntariamente às coisas que tendem a nos tornar pessoas infelizes, sedentárias e feias tanto por fora quanto por dentro.

Ps: Comam a vontade nas ceias... Uma dieta balanceada somada a esportes fará com que um ou dois quilos a mais agora sumam tão rápido quanto chegaram: só não sejam desleixados quando a calmaria acabar. Ou façam como eu e digam não a calmaria. XD

Comentários

  1. Parabéns cara! Muito determinado. Continue assim!
    1 abraço.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Ivan, você é outra pessoa, com muito mais disposição e saúde acima de tudo. Também estou nesse objetivo e a corrida me ajudou muito a eliminar 16kg em 10meses até o momento. Ainda não tive coragem de fazer meu antes e o durante ..porque o depois é só quando chegar na minha meta que é eliminar mais 13kg.
    Parabéns, que 2013 possamos nos encontrar em uma das corridas!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seus comentários e visitas me inspiram muito sempre que corro: bons treinos, provas e mudanças de vida para vocês também. Thanks!