Circuito Powerade - Seletiva São Silvestre + V Zumbi Dandara Zumbi 3k

Esse fim de semana tivemos a última corrida do ano para muitos: a Corrida Noturna de Verão, uma parceria entre Powerade, TV Aratu e Federação Baiana de Atletismo que acabou se tornando também a prova que selecionaria os baianos que largarão no pelotão elite da São Silvestre, o que fez a prova ter números bem bacanas nas primeiras cabeças e atletas como Marily participando. Tirando por nós que iremos ainda correr a São Silvestre, praticamente todos já bateram o martelo das férias e mal sabemos se eles estarão na pista para o último treino do ano.
Peralva Team, a onda verde marcando presença.

Corridas noturnas são ótimas para conseguirmos aquele RP que está engasgado, só que essa prova teve uma repercussão impressionante e um planejamento antecipado de invejar, com inscrições abertas desde o início do ano. Muitos atletas na pista e o tal RP vai por água abaixo quando você pega os iniciantes e caminhantes no final da prova quando está prestes a terminar suas best laps, as que vão fazer a diferença para o resultado final. Contudo, ficou a felicidade de ter feito uma corrida mais coordenada e inteligente, de ter visto nossa tenda lá e nossos atletas verde cana marcando presença nas cabeças da prova, nos pódios por faixa etária, ou simplesmente se superando, como toda a corrida deve ser... ainda estiveram lá os contundidos só para prestigiar quem pode correr... mostrando que numa assessoria não apenas pagamos pelo serviço dos técnicos, mas temos uma relação de união e identificação com as metas do próximo.
A corrida não premiou, mas eu sim: 4 anos e meio juntos no dia da prova.

Sinto falta de mais corridas noturnas na cidade. Se não me engano essa é a terceira, sem contar as do Litoral Norte. Elas, se tiverem um percurso inteligente, permitem bastante velocidade e é um pouco triste só termos 3 delas enquanto diurnas estamos chegando bem a 30. Tive poucas queixas desse evento. O uso de apenas uma pista foi o negativo, ficamos espremidos, principalmente no retorno e mesmo que os caminhantes tivessem bom senso para não "escolher" águas geladas na hidratação enquanto passávamos a 12, 13kph atrás deles ou que não emparelhassem em paredões para bater papo, acho que ainda teríamos aquele muvuca do final assim mesmo. Como as provas de 5 são um convite e tanto para a iniciação da prática esportiva, não sugiro que elas saiam ou larguem mais cedo ou mais tarde... realmente fica difícil de pensar essa corrida que passou organizada de outra maneira. Outro ponto ruim foi a chegada, mais uma vez um cotovelo em que temos quase que frear após um um tiro e depois ganhar velocidade para outro... Aquilo mata RP de quem briga por segundos como alguns de nós, eternos iniciantes, sugestão seria os retornos de 5 e 10 mais longe e a chegada logo descendo a ladeirinha do estacionamento rumo ao pórtico. Finalizei com 51'50''. Passei nos 5k a 25' baixos e com muita força para vencer o vento, fiz duas voltas para 4' e pouco, mas o trânsito do 7º, 8º e 9ºkm foram me tirando segundos que fizeram toda a diferença. Ainda não foi dessa vez, mas o que vale é que essa também não é minha última de 10k na vida, não é? (resultados aqui)

Essa prova também foi a última do Circuito Baiano de Corridas, aquele em que Marizinha é líder em sua faixa etária. Ela entrou para cumprir tabela e se manteve na liderança, mesmo com o 4º lugar, fora do pódio por humildes 40''. O apelo da corrida faz com que várias corredoras boas que não apareceram o ano inteiro aparecessem dessa vez. Fica a felicidade de que há mulheres despertas para o esporte aqui, o ruim é que só as provas da moda as atraem e elas deixam de conhecer provas muito bacanas que a Federação promove nos lugares mais inusitados e bonitos da cidade Alto de Ondina e Parque de Pituaçu.
 
Minha  musa e seu primeiro primeiro geral
O troféu!
No Domingo também houve a Zumbi Dandara Zumbi, uma prova beneficente de 3k de um colégio no centro da cidade. Prova legal, com número de peito, almoço no final e premiação geral e por faixas. Não pude participar. Fui acometido por uma virose forte e perdi a chance de uma prova diferente, afinal 3k tem tudo para ser mais forte que 5, mesmo que muitos imaginem o contrário. Mairon marcou pódio novamente, dessa vez em segundo na faixa, só para não dizer que não teve corredor cascagrossa lá também e Marizinha abocanhou o primeiro primeiro geral. Isso que é fechar o ano bem. Mais meia dúzia de treinos e a São Silvestre e quem entra em férias somos nós. Aguardem notícias. Grande abraço.
 

Comentários

  1. Que vc aproveite a São Silvestre e traga mais informações pra galera.Ano bom esse de 2013,bons tempos,bons kms,estreia em meia maratona,boas e novas amizades,que venha 2014!!!bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que honra te passar algo novo sendo que contigo eu mais aprendo que qualquer outra coisa.

      Excluir

Postar um comentário

Seus comentários e visitas me inspiram muito sempre que corro: bons treinos, provas e mudanças de vida para vocês também. Thanks!