De Volta ao Parque de Pituaçu

Abraçados pelos Maias. Valeu pelo suporte, Renatão!
A terceira das quatro provas "meio" longas consecutivas que o calendário pôs juntas para mim ocorreu nesse Domingo no amável Parque de Pituaçu. Já castigado pela falta de cuidado por seja lá qual for o órgão que o clame para si, a chuva que é notícia em todo o Brasil não aliviou lá também e essa foi de longe a prova em que encontrei as piores condições de piso entre todas as que já fiz. As poças passavam das meias e o barro era traiçoeiro. Eu, frouxo que só, optei por ir muito (mas MUITO) conservador e ataquei pouco nessa prova. Desde a Golden Four dei menos atenção a alimentação por Abril ter sido um mês intenso nos negócios, somando algumas indisciplinas nessas viagens e uns compromissos sociais, decidi que, mais que nunca, a Wings for Life de 3 de Maio em Brasília seria a menina dos meus olhos e acordei pouco empolgado nesse Domingão que passou; não queria por tudo a perder tão perto do grande de dia.
Foto por @albertorezak
Foto por @albertorezak
Em meio aos treinos longos pra Maratona do Rio tivemos uma planilha bem modesta para o fim de semana dessa prova do Parque, ao contrário das outras que pediam força nas duas provas em que me meti. Fiquei devendo uns tiros de 1000 após os 14km do Parque, mas o cansaço estava num nível tão alto que preferi dever esses 5k em tiros a dever mais horas de sono e descanso para as pernas em momento tão importante pré-prova longa, como serão os 27k que estou planejando fazer em Brasília. A ideia era bater meu tempo de 2 anos atrás de 1h22 nesse terreno. Pensei que seria por pelo menos uns 5', mas fiz o que deu para chegar no 1h20, uma marca mais redonda que batia com os 5'30'' de pace que programei no virtual partner do Garmin. A galera da equipe "espancou" e fez tempos tão incríveis como quanto fazem no asfalto... destaque a Marcão que "vi crescer" na corrida e hoje faz os 15k me batendo por bem uns 5'. Só tem cavalo nessa equipe. Djane e Mariana consolidaram a estratégia de equipe e fizemos pódio geral nos 15 e 5 do Circuito Baiano de Corridas de Rua. A briga pelas faixas etárias que será dura, mas só o prazer de pontuar já vale no meio dessas feras que rodaram os 15k para 45', 48'... tempos dignos da elite da famosa São Silvestre. Houve também o Circuito Baiano de Triatlo, o que rachou nossa equipe e fomos pouco representados no esporte solitário. Na próxima etapa do baiano de corridas, imagino que no asfalto e com "apenas" 10k, devamos ter um número considerável de atletas e até pontuar também na modalidade EQUIPE.

Foto por @albertorezak

Foto por www.olhonoatleta.com.br

Foto por www.olhonoatleta.com.br
 
Foto por www.olhonoatleta.com.br
Queria, por último, parabenizar a Federação Baiana de Atletismo que esse ano nos deu um pórtico de chegada digno da grandeza de suas provas. O atraso de 15' da largada não se deu pela desorganização da mesma mas pela locomoção complicada nesse fim de semana onde choveu a mesma quantidade que chovera nos dias anteriores a ele no mês inteiro. A água foi gelada em todos os pontos e não faltaram instruções na largada sobre como o Parque se encontrava e como seriam as largadas, já que algumas coisas tiveram de ser mudadas em virtude das fortes chuvas. A premiação demorou pouco tempo para ser realizada, mesmo essa prova tendo sido contada através das senhas de papel, método que registra apenas tempo bruto e não líquido, como nas de chips.

Vamos que vamos! Ansioso pelo fim de semana onde teremos a Wings for Life e seu formato diferenciado em Brasília, onde largaremos e a linha de chegada, representada por um carrinho da Red Bull, nos alcança com determinado momento de prova. O resultado final é mundial e competiremos com os participantes de mais de 30 países. Nossas metas já estão definidas e essa prova pediu um polimento, afinal, após a Maratona é a segunda prova de maior distância que encaro no meu currículo humilde de provas. Ano passado a fizemos e cheguei a marca dos 21k com 1h50 corridas, num percurso bem menos plano que a capital dos políticos. 

Após ela, queria convidar todos vocês a prova promovida pela assessoria com o apoio de uma reconhecida nutricionista da cidade. Ela terá 5k, percurso inédito e acontecerá no Sábado dia 9, acompanhada por um café da manhã e outros mimos que só nela serão vistos. Para mais info, contatem as pessoas dos flyers ou mandem um zap para mim em 7192912424. As inscrições estão no fim e ela só custa 35 reais: um tapa na cara de quem cobra fortunas por kits coloridos e provas aquém do que é pago, principalmente em Salvador.

Comentários

  1. Adorei o post. Acho que agiu da forma correta. Muito legal a proposta da Wings for Life. Já aguardando o novo post. Boa Sorte! Divirta-se muittto.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seus comentários e visitas me inspiram muito sempre que corro: bons treinos, provas e mudanças de vida para vocês também. Thanks!